• Icone Busca
  • Login Icone Lock
  • Facebook

Rede Jundiaí de Cooperação e Jundiaí Cidade Inteligente sãoapresentados na AEJ

Rede Jundiaí de Cooperação e Jundiaí Cidade Inteligente sãoapresentados na AEJ

EVENTO:

Foi a primeira vez que o gestor de Governo e Finanças de Jundiaí, José Antonio Parimoschi, falou a um setor sobre o programa Jundiaí Cidade Inteligente

A reunião de Divisões Técnicas na AEJ, realizada na segunda-feira, dia 16 de abril, foi bem diferente. Na presença de membros da diretoria e associados, além de empresários e sociedade civil, o Gestor de Governo e Finanças da administração municipal, José Antonio Parimoschi, apresentou a Rede Jundiaí de Cooperação e o Jundiaí Cidade Inteligente.

Estes dois programas que estão sendo implementados no município dependem de atuações voluntárias, de pessoas físicas e empresas, que ajudem a Prefeitura a dar conta de demandas da comunidade e, assim, gerar mais satisfação e qualidade de vida.

Esta proposta de gestão participativa, que já ocorre em diversos países desenvolvidos ao redor do mundo, desperta os sentimentos de responsabilidade e cidadania nos participantes, o que acaba se disseminando, segundo Parimoschi. Muitos jovens estão demonstrando interesse em fazer parte da Rede, especialmente em atividades com foco em Educação, ele comentou.

“É uma forma de as pessoas se apropriarem da cidade, seja pintando o muro de uma UBS ou de uma escola, dando aulas de computação ou doando materiais, no caso de empresas. É cada um oferecendo um pouco de seu talento, habilidade ou técnica no tempo que tiver livre, sempre com o objetivo de contribuir com a sociedade”, explicou Liliana Traldi, engenheira e membro da Diretoria da AEJ.

Outra característica da rede, destacada por ela, é que a intenção é de que ela continue ativa, mesmo após o término deste governo e a entrada de outros que virão.

A AEJ, que já contribui com sua visão técnica em conselhos municipais e câmaras técnicas, avaliará uma forma de integrar esta Rede de Cooperação. Além disso, irá verificar como atuar (especialmente dentro da área de Inovação e Tecnologia) no programa Jundiaí Cidade Inteligente, que visa formular estratégias em infraestrutura, serviços e informação para as próximas gerações.

“Este conceito dos programas participativos é o que nós, da AEJ, também estamos procurando fazer, mas entre associações e entidades representativas da cidade. Acreditamos que podemos unir esforços e ajudarmos uns aos outros naquilo que necessitamos e, assim, somarmos nossa contribuição com a sociedade”, considera o Presidente da AEJ, Alessandro Mazzola.

 

 

Mais eventos

Curso de Planejamento Básico de Obras – do 2D ao 4D: sucesso absoluto! Confira depoimentos
Rede Jundiaí de Cooperação e Jundiaí Cidade Inteligente sãoapresentados na AEJ
Curso sobre a importância da impermeabilização foi um sucesso!
Palestra ART: um grande público e informações importantes para o dia a dia dos engenheiros